Fundação João Fernandes da Cunha - Eventos Culturais, Biblioteca, Centro turístico - Salvador Bahia
contatos
Tel: (71) 3328-0522
e-mail: fundjfc@hotmail.com / fundbibli@hotmail.com
Fundação João Fernandes da Cunha

Fundação
João Fernandes da Cunha

Fundação João Fernandes da Cunha - Biblioteca

conheça aBiblioteca João Fernandes da Cunha

Fundação João Fernandes da Cunha - Visita

venha nos visitarFundação João Fernandes da Cunha

rss fundação joão fernandes da cunha

/ Academia Baiana De Educação

O Twitter e as contas de organizações criminosas

Questionado por reportagem da Gazeta do Povo, o Twitter Brasil disse que suspendeu as contas, mas algumas permaneceram ativas fazendo apologia ao crime

Agora ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump não tem mais conta no Twitter. Seu perfil foi suspenso após a rede social considerar que ele incitou a violência ocorrida no Capitólio, dia 6 de janeiro. Sabe quem continua tendo conta no Twitter? Criminosos e traficantes de drogas do Rio de Janeiro, que usam a rede para vender maconha, cocaína e ecstasy, promover bailes funk e ameaçar facções rivais e a polícia.

São contas com milhares de seguidores, que existem há vários anos, sem que tenham sido incomodadas pela gigante americana de tecnologia. O repórter Gabriel de Arruda Castro revelou que as contas têm ligações com o Comando Vermelho, Terceiro Comando Puro e Amigos dos Amigos (ADA), organizações criminosas perigosíssimas.


Questionado pela reportagem, o Twitter Brasil disse que suspendeu as contas, mas algumas permaneceram ativas fazendo apologia ao crime. Confira:

Horas depois de a Gazeta do Povo revelar o uso ostensivo do Twitter por organizações criminosas como o Comando Vermelho, a plataforma retirou do ar algumas das páginas que fazem apologia ao crime. Parte dos perfis, entretanto — incluindo o de bocas de fumo que divulgam seus “produtos” por meio de fotos e vídeos — continua ativa mesmo após a denúncia.

Em nota enviada à Gazeta do Povo na manhã desta quarta-feira, o Twitter afirmou: “Temos sido cada vez mais proativos em detectar possíveis comportamentos abusivos.” A empresa anunciou ter removido os perfis @CvComunidades, @FUBA_CV, @juramentoemidia, @TCPMDOSJ e @troppadoguandu. Estas contas faziam ameaças explícitas de violência contra a polícia e facções rivais.

Apesar de afirmar que a monitoração do conteúdo violento é constante, a plataforma tolerou o funcionamento dessas páginas por um longo período - em alguns casos, mais de dois anos.

Além disso, mesmo após a publicação da reportagem, algumas contas que fazem apologia ao crime continuam ativas. Uma delas é o perfil “Boca do Azul”, que, como mostrou a Gazeta do Povo, é controlada pelo Comando Vermelho. Nesta quarta-feira (20), a página começou o dia como de costume: com um vídeo que mostra, “ao vivo”, o trabalho dos traficantes na boca de fumo. “Vem rapaziada começo os trabalho pela manhã maconha de 20 a forte boca do azul jacaré parte alta a mais falada do momento”, escreveu o perfil. O vídeo que mostra os criminosos preparando a droga ultrapassou rapidamente as 3.000 visualizações.

A “Boca do Guarani” também continua fazendo suas postagens diárias normalmente. Além de divulgar fotos de tablets de maconha, o perfil publicou ontem fotografias que ajudam os “clientes” a localizar o ponto de venda de drogas, que fica no morro do Jacarezinho.

Outros perfis ligados a organizações criminosas, como o do “Complexo do Chapadão”, “Favela do Castelar”, também continuem no ar. O Twitter informou que vai continuar a fazer uma “análise contínua” dos perfis.


Gazeta do Povo

Criação de Sites - Allan Carvalho
Fundação João Fernandes da Cunha
Largo do Campo Grande n° 8 – Campo Grande – CEP 40.080-121 – Salvador – Bahia – Brasil
Telefone: (71) 3328-0522
E-mail: fundjfc@hotmail.com / fundbibli@hotmail.com