Fundação João Fernandes da Cunha - Eventos Culturais, Biblioteca, Centro turístico - Salvador Bahia
contatos
Tel: (71) 3328-0522
e-mail: fundjfc@hotmail.com / fundbibli@hotmail.com
Fundação João Fernandes da Cunha

Fundação
João Fernandes da Cunha

Fundação João Fernandes da Cunha - Biblioteca

conheça aBiblioteca João Fernandes da Cunha

Fundação João Fernandes da Cunha - Visita

venha nos visitarFundação João Fernandes da Cunha

rss fundação joão fernandes da cunha

/ Políticas & Finanças

Câmara Municipal de Salvador e Assembleia Legislativa suspendem atividades presenciais até 31 de janeiro

Decisão é por causa do aumento dos casos de Covid-19 na capital baiana

Em meio ao aumento dos casos de Covid-19 em Salvador, a Câmara de Vereadores e a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) suspenderam o atendimento presencial de 24 a 31 deste mês. A determinação do presidente da Câmara, vereador Geraldo Júnior (MDB), foi publicada na edição do Diário Oficial desta sexta-feira (21).


Com isso, o expediente virtual será mantido, exceto para as atividades de manutenção predial, informática, serviços gerais e segurança patrimonial.

O presidente Geraldo Júnior recomendou a todos os vereadores e servidores que mantenham as medidas preventivas recomendadas pelas autoridades de saúde.

 

Na quinta-feira (20), a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) também anunciou que vai suspender todas as atividades presenciais por dez dias a partir desta sexta-feira (21).

De acordo com o órgão, o crescimento de infecções pela Covid-19 entre parlamentares e funcionários acendeu um alerta na Alba e o presidente Adolfo Menezes optou pelo isolamento social como mecanismo de proteção, quando as ocupações de UTIs e de leitos clínicos já ultrapassam a marca dos 70% na Bahia.

Para o presidente da AL-BA, evitar a disseminação da variante Ômicron exige atitudes mais duras de todos os gestores e a suspensão de dez dias contribuirá para isso.

 

O mesmo protocolo de restrições adotado quando do início da pandemia em março de 2020 será empregado, com ênfase no trabalho remoto. Como o Legislativo está em recesso, o primeiro depois de dois anos de luta contra o Covid-19, não será necessária a realização de sessões plenárias ou de comissões remotas.

O período de fechamento completo da AL-BA vai até o dia 31 de janeiro, véspera da reabertura dos trabalhos ordinários – em 1° de fevereiro.

A decisão de baixar um ato suspendendo os trabalhos presenciais ocorreu após reunião do deputado Adolfo Menezes com os superintendentes de Recursos Humanos da AL-BA, Francisco Raposo (a quem o Serviço Médico é subordinado), e da Administração e Finanças, Robson Coutinho.

Portanto, até o dia 31 de janeiro apenas os serviços mais essenciais terão acesso às dependências da Assembleia, sendo proibido o acesso do público externo.

Durante o período de suspensão, o corpo dirigente da AL-BA monitorará o ritmo de avanço da pandemia na Bahia, para identificar se haverá necessidade de implantação de medidas de distanciamento social mais severo após a reabertura dos trabalhos.

A reabertura será de forma híbrida, com as sessões plenárias e de comissões podendo ser frequentadas pelos deputados estaduais presencialmente ou de forma remota.

 

 

Fonte g1 Bahia

Criação de Sites - Allan Carvalho
Fundação João Fernandes da Cunha
Largo do Campo Grande n° 8 – Campo Grande – CEP 40.080-121 – Salvador – Bahia – Brasil
Telefone: (71) 3328-0522
E-mail: fundjfc@hotmail.com / fundbibli@hotmail.com