Fundação João Fernandes da Cunha - Eventos Culturais, Biblioteca, Centro turístico - Salvador Bahia
contatos
Tel: (71) 3329-1016
(71) 3328-0522
Fax: (71) 3328-3168
e-mail: fundjfc@hotmail.com / fundbibli@hotmail.com
Fundação João Fernandes da Cunha

Fundação
João Fernandes da Cunha

Fundação João Fernandes da Cunha - Biblioteca

conheça aBiblioteca João Fernandes da Cunha

Fundação João Fernandes da Cunha - Visita

venha nos visitarFundação João Fernandes da Cunha

rss fundação joão fernandes da cunha

/ Artigos

O autoconhecimento e as terapias cognitivas

Por Daniela Ladeira Reis.

 10:20

Carreiras FTC: O autoconhecimento e as terapias cognitivas
Foto: Divulgação

“Conhece-te a ti mesmo”, disse Sócrates! Mas afinal, o que é autoconhecimento? Para a psicologia, o autoconhecimento refere-se ao olhar do indivíduo para si, para o seu eu. Um olhar cuidadoso, guiado pelo psicólogo através de diversas ferramentas e técnicas, que se diferem conforme a linha de abordagem.


Nas abordagens cognitivas, por exemplo, o paciente passa por uma avaliação e conceitualização cognitiva para que o psicólogo identifique o seu funcionamento, que é peculiar, levante hipóteses diagnósticas e trace o plano de intervenção apropriado. 


Para que se tenha um resultado eficaz e duradouro, o psicólogo trabalha a ressignificação das crenças disfuncionais e, para isso, encoraja o paciente a identificá-las e a expressá-las através de manejo clínico e técnicas cognitivas e comportamentais, incluindo treino em habilidades sociais e resolução de problemas. 


A psicoeducação e a aceitação são intervenções de extrema importância para o autoconhecimento. Na medida em que o paciente compreende e aceita as causas de seu funcionamento desadaptativo tende a empenhar-se mais no processo psicoterapêutico e, consequentemente, a desenvolver mudanças.


O psicólogo também encoraja o paciente a identificar e vivenciar as emoções: precisamos sentir tristeza, raiva, nojo, alegria, medo, felicidade angústia, enfim, precisamos sentir emoções. E o curioso disso tudo é que quando o paciente atinge um determinado nível de autoconhecimento, ele se permite viver as emoções e automaticamente as regula. 


Desta forma, um dos papéis do psicólogo cognitivo está relacionado ao trabalho de prevenção de recaída objetivando que o paciente passe a ser o seu próprio terapeuta e, portanto, assuma o controle do seu eu, conhecendo-se a si mesmo. Fonte: Bahia Notícias.

 

* Daniela Ladeira Reis é Psicóloga Cognitiva e docente do curso de Psicologia na FTC. 

 

 

Criação de Sites - Allan Carvalho
Fundação João Fernandes da Cunha
Largo do Campo Grande n° 8 – Campo Grande – CEP 40.080-121 – Salvador – Bahia – Brasil
Telefone: (71) 3328-0522 – 3329-1016 / Fax: (71) 3328-3168
E-mail: fundjfc@hotmail.com / fundbibli@hotmail.com